Chegue bem aos 40 – por Dra Pollyana Aoki

alimentacao-exercicio-fisico_02_layza-cibelle

Esse é um dos conselhos que mais utilizo no consultório. Com as doenças da vida moderna decorrentes dos maus hábitos desde a infância, chegar aos 40 anos com as medidas dentro das referências saudáveis é uma exceção! A soma de uma dieta rica em calorias “vazias” (fastfoods, refrigerantes, sorvetes, alimentos com altas concentrações de açúcar, sal e gordura), sedentarismo e a ansiedade decorrente do estresse, juntamente com redução da taxa metabólica faz com que perder peso e medidas fiquem cada vez mais difícil a partir dessa idade.

Então gostaria de falar hoje sobre a medida MAIS PERIGOSA: a gordura abdominal!! Associada à ela estão várias doenças como a  diabetes tipo 2, hipertensão arterial, colesterol e triglicerídeos elevados levando ao infarto, síndrome metabólica, AVC, gordura no fígado (esteatose hepática) entre outras….

A minha preocupação é muito maior com a fita métrica do que com a balança!!! As referências dessa medida para as mulheres é não ultrapassar os 80 cm e para os homens 94 cm, pois já há um risco moderado de desenvolver os males relacionados a esse tipo de gordura. Mas o sinal de alerta vem mesmo se a medida ultrapassar 102 centímetros para os homens e 88 para as mulheres. Essa gordura que faz a “cintura desaparecer” tem relação direta com doenças cardíacas. Estudos da Sociedade Americana do Coração demonstram que homens com a cintura aumentada tem 55% a mais de chance de desenvolver doenças coronarianas, e esse número sobe para 91% no caso das mulheres.

barriga
Fonte: google
saude-gordura-abdominal-peso-coraca
Fonte: google

Há dois tipos de gordura abdominal: a subcutânea, que se deposita sob a pele e a visceral, que se acumula entre as vísceras, sendo essa a mais perigosa. É fácil identificar: ao deitar de barriga para cima e sua barriga “esparramar” para os lados, é a gordura subcutânea. Se ficar firme, em forma de bola, é a gordura abdominal. Atenção: tanto a subcutânea quanto a visceral precisam ser combatidas. As duas fazem muito mal à sua saúde!!!

gordura abdominal
Fonte: google

O que mais faz acúmulo de gordura abdominal é a alimentação rica em açúcar, gorduras saturadas e trans e cereais refinados. Tudo isso, associado ao sedentarismo.

Fat-and-Sugar
Fonte: google

Tanto a gordura subcutânea quanto a gordura visceral exigem mudanças que façam com que elas desapareçam ou diminuam. Não existe fórmula mágica, o correto seria procurarmos uma alimentação balanceada e a prática regular de atividade física. Também é muito importante que essa mudança seja completa e incorporada à nossa rotina e não apenas por um determinado tempo! Mudanças permanentes são as que geram resultados permanentes.

Alimentos-pos-treino
Fonte: google

Saúde para todos e até semana que vem!

Polly Aoki

Se você gostou do texto ou tem alguma duvida deixe um comentário!

Meu Instagram: @nutri_pollyaoki

O que é Nutrição Funcional? – Por Dra Pollyana Aoki


temperos

Olá!

Estou muito feliz de ser uma das Colaboradoras do Blog Myra Pilates!

Toda segunda estaremos juntos falando sobre Nutrição.

Espero que gostem!

Hoje vamos falar sobre a famosa Nutrição Funcional.

Muitos pacientes chegam ao consultório com dúvidas e a idéia errada do que seja essa area da nutrição . Pensam que é o uso de suplementos associados ou não a alimentos funcionais (são alimentos ou ingredientes que produzem efeitos benéficos à saúde, além de suas funções nutricionais básicas)  ou pior ainda: todos têm que  retirar glúten e  lactose  da sua alimentação!

Mas não é isso, bem mais complexa, a Nutrição Funcional é uma forma de abordar, prevenir e tratar desordens crônicas  através da identificação e correção dos desequilíbrios metabólicos. Estes desequilíbrios vêm ocorrendo, principalmente  com a baixa qualidade da nossa alimentação!! Através de uma anamnese bem completa, além da queixa principal, você identifica uma série de outroaspectos importantes, tais como: mal funcionamento intestinal, insônia, coriza, baixa libido, TPM, dor de cabeça,  problemas digestivos….. que comprometem a qualidade de vida e leva ao surgimento de doenças.

A Nutrição Funcional atua numa ALIMENTAÇÃO PERSONALIZADA, não seguindo o método da Nutrição Tradicional, como contagem de calorias, porções e sim um aconselhamento de alimentação própria para aquele paciente, identificando quais são os melhores alimentos para o cardápio de cada pessoa. Por isso, surgem algumas restrições como glúten e lactose!

Leva-se em consideração a interação entre todos os sistemas do corpo, priorizando a entrada do nutriente na célula em quantidades adequadas e em equilíbrio com todos os outros alimentos e nutrientesTrabalha-se para uma organização metabólica para que os bons alimentos dêem um bom resultado final. 

Então fica o meu alerta:  não tente seguir “dietas da moda” ou que foram prescritas para outra pessoa ou que você leu na internet…. procure sempre um profissional Nutricionista, independente se ele segue a Nutrição Tradicional ou a Nutrição Funcional, pois ele é a pessoa capacitada para cuidar da sua alimentação.

Boa reflexão!

Nutrição-funcional-home

Saude!

Polly Aoki

Instagram: @nutri_pollyaoki