Idade Cronológica X Biológica – Por Dr Cyro Hirano

Qual é a sua idade?

Você sabe quantos anos você tem de verdade?


Não estou me referindo a sua data de nascimento. Essa é a sua idade cronológica (tempo) , essa é a que você foi registrado no cartório, porém a mais importante é a sua idade biológica (vida), que tem a ver com a funcionalidade e conservação do seu organismo e sofre uma influência dos seus hábitos e os cuidados que você teve com sua saúde ao longo da sua existencia.

Envelhecer é inevitável, este processo inicia no momento do nascimento e sofre inúmeras influências, das quais muitas podemos modificar para envelhecer melhor.

Atenção, ser jovem não significa que você seja saudável e ser idoso não significa que seja doente.

A idade cronológica está relacionada simplesmente ao tempo de vida que uma pessoa possui. Já a biológica está relacionada ao envelhecimento das células que está diretamente relacionado com os seus hábitos.

Uma coisa que nem todos sabem, é que um médico pode mensurar essa sua idade biológica.
Para isto devem ser realizados exames e testes como:

  • Exames laboratoriais avaliando a bioquímica do sangue, perfil hormonal, índice de Atividade Inflamatória.
  • Exames físicos da sua pressão arterial, circunferência abdominal, percentual de gordura, e resistência muscular.
  • Avaliação nutricional da sua dieta e índice glicêmico.

O médico assim pode analisar os fatores de envelhecimento e sua relevância no estado geral de saúde e a sua idade biológica.
A genética pode definir seu corpo até por volta de 20 anos de idade, antes considerada pouco provável de ser modificada, hoje está bem claro que seu estilo de vida a influenciam e muito.

O chamado envelhecimento natural provoca muitas mudanças, influenciadas diretamente por seus hábitos de vida, de quanto e como é seu sono, da prática ou não de exercícios físicos regulares, olha a importância do pilates, de como você administra seu equilíbrio emocional, do que você come e bebe, do seu trabalho, do seu lazer e do seu nível de estresse.

Até 50 anos atrás, a herança genética era o fator preponderante na determinação de doenças futuras, pois as pessoas mesmo de diferentes tipos de classes sociais, tinham um estilo de vida parecido, alimentavam-se e tinham o mesmo nível de grau em atividade física.

Hoje, entretanto, as heranças genéticas não são mais do que 30% responsáveis pela determinação da idade biológica, e sim o estilo de vida, que corresponde a 60%. A idade cronológica é um parâmetro considerado ultrapassado, e que não pode mais ser utilizado de forma isolada para definir se alguém é mais ou menos saudável ou se está mais ou menos propenso a desenvolver certas doenças.

Já que é impossível parar o tempo,uma vez identificada a velocidade com que aquela pessoa está envelhecendo, e que funções orgânicas estão mais comprometidas por este processo, possamos aplicar terapias que podem “atrasar” o relógio biológico humano, e desacelerar substancialmente o envelhecimento, além de melhorar a sua capacidade funcional.

Independente do aumento populacional no planeta os casos comprovados de doenças progressivas e degenerativas aumentaram significativamente tais como: câncer, diabetes, Parkinson, demências precoces, etc. E as menos progressivas mas degenerativas como: obesidade, depressão, infarto, obesidade, alergias, artrose, etc também.

Ao apostarmos em manter o indivíduo saudável através de ações preventivas, estamos minimizando as chances de desenvolver essas doenças, melhorando de forma expressiva a qualidade de vida e atingindo o objetivo maior da medicina antienvelhecimento e da longevidade, que é permitir não só uma vida longa, mas também produtiva, saudável e feliz!


Feliz Ano Novo!
Vida longa!
Dr. Cyro Hirano

(Instagram: @cyrohirano, @cdclinicadermatologica)
-Não possui nenhum conflito de interesse com a indústria farmacêutica ou de equipamentos.

– As fotos deste post possuem somente caráter ilustrativo.

– Os resultados de qualquer tratamento podem variar de acordo com a resposta individual.

– As opiniões aqui contidas podem divergir das de outros profissionais da área, e essas informações não podem ser usadas legalmente contra terceiros, como evidência de falhas ou enganos de outros profissionais.

Lembrando que estamos aqui para informar e que um post não substitui uma consulta médica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s