Pizza com massa de pão dos essênios de trigo germinado – Por Renata Faria

Olá pessoal,

No meu último post aprendemos a fazer uma pasta de sementes de girassol deliciosa com sabor de queijo. Hoje vamos utiliza-lá em uma receita super querida por mim que é a Pizza Viva, feita com massa de grãos de trigo totalmente integrais e cheios de vida! Se prepare para conhecer uma pizza deliciosa, muito saudável e hiper nutritiva. Lembre-se de se preparar dois dias antes para realizar esta receita, pois vamos germinar!!! 🙂

Receita maravilhosa do Terrapia:

Ingredientes:

– 1 xícara de grãos de trigo

– 1 colher de chá de sal Rosa

– 2 tomates italianos Orgânicos

– pasta de sementes de girassol germinada (receita no posto anterior)

– folhas de manjericão

– azeite extra virgem

– orégano

  • Massa: 1 e ½ xícara de trigo com 36h de germinação. Lave as sementes e deixe secar bem. Passe no moedor 3 vezes (ou no processador) com sal. Modele a massa com rolo de pastel no formato de pizza e coloque sobre um pano (ou voal). Desidrate no sol ou no forno aberto com temperatura de no máximo 42ºC, onde a mão suporte segurar o tabuleiro. Após 2h, vire para expor a 2ª face ao sol. Repita este procedimento até a desidratação completa.
  • Recheio

-Pasta de sementes de girassol germinadas (receita no posto anterior)

– Tomates em rodelas e picados temperados com azeite e sal Rosa.

– manjericão

  • Montagem

Depois de desidratar a massa, coloque por cima a pasta de girassol, regue com um pouco de azeite e orégano, cubra com os tomates, as folhinhas de manjericão e pronto.

Uma pizza maravilhosa pra toda família comer sem culpa! 🙂

Até semana que vem!

Renata

IG: @renatafariaf

Pasta de semente de girassol e inhame – Por Renata faria

Hoje preparei pra vocês essa receita deliciosa, barata, super nutritiva e rica em probiótico natural, uma grande aliada a boa saúde do seu intestino!

Com um leve sabor de queijo, é uma ótima opção para substituir aquele queijinho cottage industrializado, que além de conter lactose, é cheio de ingredientes químicos inimigos da boa saúde!

Ah! Não compre sem lactose, ok? A verdade é que os produtos lácteos que dizem ser SEM lactose, é na verdade com lactose e lactase, a enzima que quebra a lactose e a transforma em glicose e galactase, isso porque pessoas intolerantes a lactose não produzem a lactase. Ou seja, você continua consumindo a lactose! Então, o melhor mesmo é consumir produtos naturais de preferência feitos por você mesma e que não possuem leite de origem animal. 🙂

Essa pastinha de sementes de girassol é uma delícia! Se liga na receita!
Ingredientes:

– 250g de sementes de girassol sem casca e sem sal

– 1 inhame pequeno

– 1 dente de alho pequeno

– 1 limão

– 100 ml de água filtrada

– 2 colheres de sopa de azeite extravirgem

– 1 colher de sopa de rejuvelac

– 1 colher de chá de sal rosa

Primeiro vamos colocar as sementes de girassol na água para ganharem energia e hidratar de 8h a 12h. Em um pote de vidro coloque as sementes de girassol (fig 1), lave as muito bem, colocando água sacudindo e jogando a água fora até que a água saia praticamente limpa! E depois deixe de molho na água filtrada (Fig 2).

Após 8 a 12h coloque as sementes em uma vasilha grande cheia de água e esfregue as com as mãos uma contra as outras para tirar as pelinhas. As pelinhas bóiam então o melhor jeito é encher de água dar uma mexida e escorrer a água com as pelinhas junto, faça isso algumas vezes para tirar o excesso dessas pelinhas das sementes. Escorra as sementes em uma peneira e dê uma selecionada, tirando algumas que achar que não estão boas. (Fig. 3)

Agora é só colocar as sementes no liqüidificador e o inhame descascado. Acrescente a água, o alho, o sal e o limão exprimido e bata bastante, use um pepino se precisar como pilão para ajudar a bater. No final acrescente o azeite e bata mais um pouco. É bom acrescentar o óleo no final para não atrapalhar seu liqüidificador a triturar, pois o óleo faz as coisas baterem nas lâminas e escorregarem. (Fig. 4)

Quando tiver virado uma pasta acrescente o rejuvelac e misture bem com uma colher. Coloque a mistura em um coador de pano e deixe pendurado escorrendo e fermentando por 6h a 8h.

E pronto! Já estará uma delícia. Se quiser pode colocar temperinhos a gosto. Ervas frescas ou secas caem muito bem. Eu adorooo! Guarde em um pote de vidro com tampa na geladeira, dura mais ou menos a semana.

Essa pastinha fica perfeita com saladas, um macarrão de abobrinha verde,fica delicioso!!! Hummmm… Me deu até fome! 🙂

Até semana que vem!
Renata

IG: @renatafariaf

Tabule Vivo – Por Renata Faria

Hoje vamos fazer uma receita super nutritiva e com muita vitalidade, o Tabule Vivo (receita do Terrapia) . O Tabule vivo é igual ao Tabule convencional, sendo que ao invés de usarmos o germen do trigo e a farinha, vamos usar o grão de trigo integral e germinado, com todos os seus nutrientes, riquíssimo em fibras e o melhor com muita energia vital, a energia que nutri nosso espírito! 

  • Então você vai precisar de:

– 1 processador ou liquidificador

-36h para germinação do trigo, é só fazer de um dia para o outro 🙂

  • Receita para duas pessoas:

Ingredientes:

– 1 xícara de grãos de trigo orgânico de preferência

– 1 cebola grande

– 3 tomates

– 1 pedaço de pimentão verde

– 1 xícara de folhas de hortelã

– 3 cebolinhas verdes

– 1 alho

– 1 limão

– 1/2 xícara de azeite extravirgem

– sal Rosa a gosto

Vamos aos trabalhos, começando a germinar os grãos de trigo, atenção pois todo processo leva +- 36h ( veja o post de grama de trigo )

Quando os grãos de trigo estiverem logo no comecinho da germinação é o momento perfeito para o preparo dessa receita.

 

  • Preparo:

Coloquem os grãos de trigo no processador e pulse algumas vezes para que triture um pouco os grãos, mas não demais. Reserve.

Agora, vamos picar em quadradinhos a cebola, os tomates e o pimentão e colocar em uma tijela funda. Cortem as hortelãs e as cebolinhas e acrescente a tijela, depois o alho bem picadinho, o azeite, exprema o limão e uma uma pitada de sal. Misture tudo ao trigo e pronto, é só servir, com folhas de alface fica um prato perfeito!

 

Bom apetite e até a próxima!

Renata

IG: @renatafariaf

Feijão Tropeiro VIVO – Por Renata Faria

Quem disse que na alimentação viva não tem feijão? Tem sim! Mas não são todos os tipos de feijão que podem ser germinados e comidos crus, apenas o feijão moyashi e o azuki. Hoje vamos germinar o Feijão Azuki e fazer uma deliciosa receita de Feijão Tropeiro que aprendi no curso do Terrapia na Fiocruz.

 

Feijão Azuki germinado. Foto: arquivo pessoal.
 
Um pouco de história:

Desde o período colonial, o transporte das mais diversas mercadorias era feito por tropas a cavalo ou em lombos de burros. Os homens que guiavam esses animais eram chamados de tropeiros. Até a metade do século XX, eles cortavam ainda parte do estado de Minas Gerais, conduzindo gado. O feijão misturado a farinha de mandioca, torresmo, linguiça, ovos, alho, cebola e temperos, tornou-se um prato básico do cardápio desses homens, daí a origem do feijão tropeiro. (Fonte: Wikipédia)

Agora vamos a versão viva deste prato brasileiríssimo que leva feijão, farinha, couve, tomate e temperos. Mais saudável, muito nutritivo, e ainda nos remete ao sabor inconfundível do prato tradicional! 🙂

A receita:

  • Ingredientes para duas pessoas:

– 1/2 xícara de feijão azuki

– 3/4 xic. de farinha de mandioca natural

– 2 tomates

– 1 cebola

– 1 pedaço de pimentão de sua preferência

– 1 dente de alho

– 1 limão

– 1 folha de couve

– sal rosa

– azeite de oliva extra virgem

  • Pré preparo :

Germinar o feijão:

– 36h antes de fazer a receita coloque os grãos em um vidro e tampe com um filo e elástico.

– lave bem em água corrente e deixe de molho em água filtrada de 8 a 12h. Lembre-se que ele irá crescer e absorver bastante água, então as sementes não devem ultrapassar a metade do pote e a água deve preencher o pote inteiro.

Feijão azuki germinando. Foto: arquivo pessoal.

– jogue a água fora, lave bem novamente, passe água filtrada na ultima lavada e deixe escorrendo no escorredor de pratos por 8 a12h.

– repita o processo anterior e pronto, estará germinando , tudo com narizinho pra fora.

– espalhe os feijões em um prato e cate os que não germinaram, os grãos que ainda estão pequenos e duros. Muita atenção nessa hora, pois um grão de feijão não germinado pode quebrar um dente!

Agora faça sua própria farinha de mandioca: (pode comprar pronta também se quiser)

– descasque mais ou menos 200g mandiocas, tire a linha que tem no meio, corte em pedaços pequenos e bata no liqüidificador com 1 copo de água filtrada.

– coe no coador de pano, retirando bem água , espalhe essa farinha em um tabuleiro e leve ao forno na mais baixa temperatura aberto a 45 graus. Deixe desidratar por 6 a 8 horas mexendo de vez enquando. E pronto, terá uma farinha de mandioca natural perfeita. 🙂 Guarde em um pote de vidro.

  • Vamos ao Tropeiro! 
  1. Corte a couve em tirinhas bem fininhas.
  2. Em um recipiente exprema 1/2 limão, coloque uma pitada de sal , azeite e um dente de alho bem picadinho.
  3. Coloque a couve nesse recipiente e com as mãos vá mexendo e apertando bem delicadamente a couve para que assim ela vá pegando bem o tempero. Reserve.
  4. Pique o tomate, a cebola e o pimentão em cubinhos , coloque tudo em um recipiente e tempere com limão, azeite e sal a gosto.Tipo um molho vinagrete.
  5. Acrescente os feijões germinados e a farinha e pronto, terá um delicioso feijão tropeiro acrescente a couve marinada e delicie-se!
Feijão Tropeiro VIVO. Foto: arquivo pessoal.

Fica muuuuito bom. Eu adoro! 🙂

Até semana que vem!

Renata

IG: @renatafariaf

Torta de limão natural – Por Renata Faria

Que tal uma torta de limão super saudável e totalmente natural? Além de deliciosa é super nutritiva e não contém glúten, nem lactose e conservantes, é uma maravilha integral!

  • Ingredientes :

– 100g de castanhas de caju crua

– 100g de passas brancas

– 1 limão

– 100g de amêndoas

– 50g de tâmaras secas

– 1 col. de sopa de óleo de côco

Pré preparo :

– colocar as castanhas para hidratar por 48h trocando a água de 12/12h

– colocar a amêndoas para germinar por 48h( ver post o leite de amêndoas)

– hidratar as tâmaras por 2h em água filtrada.

– hidratar as passas por 2h em água filtrada.

    • A massa é igual a da torta de frutas do post anterior.

    Preparo :

    Massa: escorrer bem as amêndoas, dar uma leve secada com papel toalha. E colocá-las no liqüidificador, acrescentar as tâmaras hidratadas (verifique se não têm caroços)

    Bater todos os ingredientes com ajuda de um pilão, se seu liqüidificador não tiver um , utilize uma cenoura, com cuidado para não batê-la junto. Quando tiver tudo trituradinho e bem misturado, pronto. 

    Coloque a massa na forma fazendo uma camada um pouco fina.

      • Creme:

      Depois de lavar as castanhas de caju e retirar os pontinhos pretos, coloque as no liqüidificador, exprema o limão, acrescente 100ml da água que estava hidratando as passas e bata bem, em seguida acrescente as passas hidratadas sem água e o óleo dos côco. Deixe bater até que fique uma mistura homogênea. Acrescente raspas de limão e jogue este creme por cima da massa de amêndoas, acrescente mais raspas de limão por cima e leve a geladeira por pelo menos três horas para desenformar.

      Foto: arquivo pessoal.

      Está pronta 🙂 Fica maravilhosa!
      Até semana que vem!

      Beijos

      Renata

      IG: @renatafariaf 

      Torta viva de frutas – Por Renata Faria

      Delicie-se sem culpa com essa torta maravilhosa que aprendi no Terrapia

      É uma ótima opção saudável e nutritiva para um delicioso café da manhã, lanche da tarde ou sobremesa!

      – Você vai precisar :

        • Liqüidificador 
        • Uma forma que solta o fundo
        • Germinar as amêndoas no dia anterior

        – Ingredientes :

        – 100g de amêndoas

        – 50g de tâmaras secas

        – 1 pedaço pequeno de mamão formosa ou 1/2 mamão papaia

        – 1/2 abacate

        – 1 limão

        – 8 bananas + – maduras

        – 1 pedaço pequeno de beterraba

        – 8 morangos +-

        – Pré preparo :

        – colocar a amêndoas para germinar ( ver germinação no post aqui no Blog do leite de amêndoas )

        – hidratar as tâmaras por 2h em água filtrada.

        – Modo de preparo:

        1. Base :  escorrer bem as amêndoas, dar uma leve secada com papel toalha. E colocá-las no liqüidificador, acrescentar as tâmaras hidratadas ( verifique se não têm caroços)
        2. Bater todos os ingredientes com ajuda de um pilão, se seu liqüidificador não tiver um , utilize uma cenoura, com cuidado para não batê-la junto. Quando tiver tudo trituradinho e bem misturado, pronto.
        3. Coloque a massa na forma , faça um camada um pouco fina. (Foto1)
        4. Corte o mamão em camadas finas e cubra a massa. (Foto 2)
        5. Faça o mesmo com o abacate , esprema umas gostinhas de limão por cima e raspas limão. (Foto 3)
        Foto 1. arquivo pessoal
        Foto 2. arquivo pessoal
        Foto 3. arquivo pessoal

        Cobertura:

        Bata as bananas e um pequeno pedaço de beterraba até ficar com aspecto bem cremoso.

        Espalhe por cima do abacate , coloque fatias de morango e pronto!

        Torta viva de frutas! Foto: arquivo pessoal.

        Você pode variar mas frutas, coloque as suas preferidas e use muita criatividade na decoração !

        Dica preciosa: preparar seu próprio alimento também pode ser uma deliciosa forma de meditação. 🙂


        Até semana que vem!

        Beijos

        Renata

        IG: @renatafariaf

        Mousse de avelã com cacau

        Mousse sem glúten , sem lactose, sem açúcar refinado, sem conservantes e sem aditivos químicos! Um doce muito nutritivo, rico em gorduras do bem, cheio de vitaminas e muita fibra!

        Ingredientes:

        – 250g de avelãs

        – 20 tâmaras sem caroço

        – 1 col. de sopa de cacau em pó

        – 1 col. de sopa de óleo de côco

        – 3 col de chá de extrato de baunilha

        – 200 gr de nibs de cacau (opcional)

        1º passo : germinar as avelãs, mesmo processo das amêndoas. (ver meu post do leite de amêndoas)

        2º passo : hidratar as tâmaras com 200ml de água filtrada por 1 hora.

        Preparo: colocar no liqüidificador as avelãs germinadas com a água onde as tâmaras foram hidratadas. Bater bem, acrescente as tâmaras, a baunilha e o cacau. Bater novamente até que fique uma mistura homogênea. Adicione o óleo de côco e bata novamente para mistura lo. Agora é só Colocar em uma tigela de vidro ou louça bem bonita, jogue nibs de cacau por cima, cubra com um plástico filme e leve a geladeira por pelo menos 3 horas e está pronta para ser devorada!

        Foto: arquivo pessoal.

        Fica uma delícia, quase uma nutella só que muito saudável! 🙂

        Experimentem!

        Até semana que vem!

        Renata
        IG: @renatafariaf