Posso fazer Pilates durante a gravidez? – Por Myra Hirano

Resposta curta: Pode e deve! Pilates é um programa de exercícios físicos  criado por Joseph Pilates, de baixo impacto e intensidade moderada. É consenso mundial os benefícios da prática regular de atividades moderadas para a gestante e o feto.

Permissão: Toda e qualquer atividade física só deve ser praticada por uma gestante saudável com liberação de seu médico obstetra e sob supervisão de um profissional capacitado.

 

Foto: Pilatesology.

É preciso saber: o corpo da mulher grávida se transforma e se adapta constantemente à gestação durante um período de até 40 semanas. Por isso, a prática do pilates também deve se adaptar. No Pilates Clássico, algumas posições e exercícios são facilmente modificadas para acompanhar cada gestante, considerando a individualidade, o período gestacional e o nível da praticante.

Posso praticar Pilates no começo da gestação? Sim! Desde que o obstetra permita a prática de exercícos físicos.

Nunca fiz Pilates. Posso começar a praticar na gestação? Sim, desde que tenha aprovação médica. Recomenda-se também iniciar aulas de Pilates particulares ou em turmas específicas para grávidas. Em caso de sedentarismo, a gestante saudável pode iniciar a prática física, com segurança, até a 30ª semana de gestação.

Em 2002, o ACOG (American College of Obstetricians and Gynecologists) determinou em suas diretrizes que, se a gestação for saudável, as atividades físicas prévias devem ser mantidas. Recomendam, ainda, que as mulheres sedentárias devem iniciar algum exercício durante o período gestacional.”

Posso praticar Pilates durante toda a gestação? Sim. Porém mais uma vez ressalta-se a importância do atestado de seu obstetra.

 

Foto: pureformpilates.co.za.

Benefícios do Pilates para a gestante:

  • Diminuição do risco de diabetes gestacional.
  • Diminuição da dor na região lombar e cintura pélvica.
  • Proporciona fortalecimento muscular.
  • Melhora a flexibilidade muscular.
  • Melhora a resistência muscular.
  • Proporciona manutenção da postura.
  • Melhora a função cardiovascular.
  • Diminuição do risco de hipertensão gestacional.
  • Auxilia o controle de peso quando o suprimento gestacional está balanceado.
  • Beneficia a saúde mental e emocional, diminuindo o risco de depressão pós-parto.
  • Diminuição de edema.
  • Diminuição de cãibras musculares.
  • Diminuição de possíveis dores nas mãos e punhos por causa da retenção líquida.
  • Diminuição da perda de massa óssea.
  • Contribui para a prevenção de distúrbios do assoalho pélvico (AP) associados à gravidez, desde que sejam adicionados aos exercícios do Método Pilates, exercícios específicos para a musculatura desse assoalho. (Contrações voluntárias da musculatura do AP)

 

Colagem: Pilates Centre. Fonte: Twitter.

Gravidinhas, façam Pilates e obtenham muitooos benefícios!

Um bom retorno à vida a todos!

Myra

Fonte consultada: “Fisioterapia Obstétrica Baseada em Evidências.” Andrea Lemos, 2014, Medbook.

Abacate engorda? NÃO! – Por Dra Pollyana Aoki

O abacate é o pseudofruto comestível do abacateiro, uma árvore nativa da América Antiga (México ou da América do Sul). O abacate é rico em gorduras boas, fibras, são antioxidantes, contém magnésio e ácido fólico, tem um ótimo perfil de aminoácidos e possui baixo índice glicêmico.


Alguns benefícios do consumo regular do abacate para nossa saúde:

• EMAGRECIMENTO: ele é rico em fibras o que auxilia a nossa saciedade. Além disso possui compostos que melhoram o quadro inflamatório que ocorre quando há excesso de gordura, principalmente a ABDOMINAL.

• PELE: Ele possui nutrientes que auxiliam a metabolização do colágeno e por possuir antioxidandes, combate o envelhecimento.

• GESTAÇÃO: é fonte de ácido fólico. O seu consumo é recomendado, principalmente no primeiro trimestre de gravidez.

• SONO: o abacate possui uma substância que é essencial para modular o cortisol, esse hormônio está aumentado nos quadros de estresse. Se consumido antes de dormir, auxiliará em uma boa noite de sono.

• ATIVIDADE FÍSICA: é fonte de energia e proteína que auxiliam a hipertrofia muscular e por ser fonte de antioxidantes é uma boa escolha para combater a fadiga muscular.

• CORAÇÃO: por ser rico em gorduras monoinsaturadas, essa fruta melhora o nosso perfil lipídico, prevenindo doenças cardiovasculares.

São várias sugestões de preparações que podem conter o abacate, além do famoso guacamole, essa fruta pode estar presente em molhos, saladas, patês e sorvetes.


Agora que você já sabe alguns benefícios do abacate, aproveite para incluí-lo do seu dia-a-dia! Essa fruta possui bastante caloria, mas no geral, pode-se consumir de 2 a 3 colheres de sopa. Nessa quantidade você já consegue todos os benefícios que eu citei.

Saúde!

Polly Aoki

Frutas Vermelhas – Por Myra Hirano

Hoje no Blend vamos incluir um ingrediente que muitas pessoas recusam na hora da refeição, então que tal colocar ele no suco?

Eu tô falando da rúcula!!! 🙂

Você ainda não se adaptou ao suco verde e não gosta de comer salada? Isso é ruim :/

As verduras são essenciais para a manutenção da saúde, por isso comece “camuflando” elas no suco e depois vai se acostumando e comendo de outras formas.

Eu confesso que sempre achava a rúcula super amarga e não entendia, por exemplo, como minha mãe gostava e comia até na pizza! hahahah Daí ela me convenceu a tomar o suco verde que ela, adepta há bemmm mais tempo que eu, amava e então fui começando a me acostumar. Hoje em dia eu AMO rúcula! JURO! 🙂

Então minha sugestão para hoje é um suco antioxidante de frutas vermelhas (berries) com rúcula, mas você pode começar colocando uma rúculazinha no seu suco predileto também.

Ingredientes:

1 punhado Mirtilo (blueberry)

1 punhado Framboesa (raspberry)

1 punhado Amora (blackberry)

1 cs de Romã

1 fatia de abacaxi

umas folhinhas de rúcula

água alcalina (clique aqui)

mel ou agave para adoçar

Preparo:

Bata tudo no liquidificador começando pelo líquidos, depois as folhas e por último as frutinhas. Eu prefiro usar as frutas vermelhas congeladas até porque não estragam rápido. Se quiser mais geladinho tipo smoothie coloque gelo. Pronto!

Espero que gostem e comam rúúúculaaaa!
saúde!!!

Myra

Treino de Verão 2 – Por Erika Fernandes 

Olá pessoal,

Como estão os treinos de vocês? Já estamos a quatro semanas do carnaval! E­ntão segue mais uma sequência de exercíc­ios para ajudar a acelerar o metabolis­mo. 😉

– Pular corda durante 40″ e logo após r­ealizar 10 Burppes.

– Repetir essa sequência por 10 a 15mi­n.

No vídeo a seguir está da forma avançada. Para o aluno ini­ciante e do nível intermediário realizar sa­ltos simples com a corda e procurar real­izar o Burppes de forma mais devagar, ou­ seja, apoiar as mãos no solo e ir uma p­erna e cada vez descer na postura de fle­xão de braço (se houver dificuldade a­póie os joelhos). Volte uma perna de ­cada vez e realize o salto.

Aí vai o videozinho meu para vocês entenderem melhor:

Lembre-se de respeitarem os limites do seu corpo!!!

Até semana que vem!

Bom treino!

Erika

Nozes picantes com mel – Por Myra Hirano

Hoje o Mat & Kitchen tem uma dica maravilhoosa para um snack ou colocar em uma salada e dar aquele toque especial! 😉

Ingredientes:

1/4 xíc. (Bem cheia) de açúcar masacavo

1 cs de mel

1/2 cc de sal

1/4 cc de pimenta-da-jamaica moída (ou a de sua preferência)

1/4 cc de pimenta-do-reino moída

2 xícaras de nozes cortadas ao meio e picadas (você pode usar as nozes pecã também)

Preparo:

Cubra uma assadeira grande com papel manteiga. Em uma frigideira grande em fogo médio-alto, coloque o açúcar mascavo, o mel, o sal e as pimentas para ferverem em 2 colheres de água. Adicione as nozes e mexa com uma espátula de silicone por cerca de 3 min, até que as nozes sejam levemente tostadas e caramelizadas. Transfira as nozes para a assadeira com papel-manteiga, separando-as com um garfo. Deixe esfriar completamente.

Até quarta que vem!

Myra

*receita do livro “Salada para todos” de Jeanne Kelley

Existe algum Pilates no seu Pilates?

Inspirada no artigo da Alycea Ungaro no Pilates About “Is There Any Pilates in Your Pilates?”, resolvi escrever sobre o asunto por aqui também. A Alycea vai mais afundo na questão, pautando alguns itens essenciais para que os praticantes entendam se estão recebendo Pilates ou outra técnica “misturada”, quando se matriculam em uma aula intitulada Pilates. Veja o artigo na íntegra clicando aqui.

Mas infelizmente não cabe a mim entrar nesses detalhes citados por ela pois sei que principalmente no Brasil existem muitas dificuldades de se conseguir trabalhar com o Real Sistema do Pilates, dificultando o trabalho em seu maior potencial, exemplos: poucas escolas de Pilates devidamente qualificadas para ensinar a técnica de Joseph, fabricação de aparelhos completamente modificados ao ponto de perder muitas funções e corromper o sistema eliminando a fabricação de muitos deles, restringindo portanto a técnica e principalmente o seu valor, que hoje também é deturpado por lugares de baixíssima qualidade e por isso baixo preço!

 

Foto incrível de Kathi Ross- Nash na Arm Chair , aparelho essencial para o Sistema Pilates . Fonte: ilariacavagna.com

Mas no Brasil estamos evoluindo para melhorar tais condições, como a criação do Nanô Pilates Aparelhos, uma marca de aparelhos originais do Método Pilates, e também com o surgimento de mais conferências e Workshops com profissionais que ensinam o Sistema real, dentre outros fatores.

Por outro lado, ler esse texto da Alycea me fez refletir como seria no Brasil, onde a cada mês surge um novo “tipo” de Pilates, um indivíduo que acabara de se matricular em um lugar que tem a palavra Pilates na porta poderia saber se realmente está praticando esta técnica, ou se é uma aula bem misturada de exercícios diversos, onde do Sistema Pilates nada tem, portanto não colherá seus benefícios.

 

Foto: pilates-gratz.com

Eu como instrutora, estudiosa e praticante de Pilates há 10 anos, já me fiz essa pergunta algumas vezes: Isso é Pilates? Imagina para quem está chegando agora? Mas eu tive a oportunidade, por estudar e trabalhar com a técnica, de conhecer muitos “Pilates” e conseguir chegar na raiz para entender e encontrar muitas respostas.

Por esse meu caminho onde passei, já compartilhei um pouco da minha experiência por aqui, através de postagens aqui no Blog: “O que é Pilates“, “Distorções e verdades sobre o Pilates Clássico“, “Os verdadeiros fundamentos do Método Pilates“, dentre outras.

Hoje, refletindo sobre aquele praticante iniciante que está começando a praticar Pilates pensei que a forma mais fácil e simples de saber se o serviço que ele contratou realmente é este, seria através dos exercícios do Mat, pois se não há Mat não há Pilates! Independente de ser da linha clássica ou contemporânea, deve haver a prática da sequência de exercícios do repertório do Mat Pilates.

Fotos de Joseph Pilates realizando alguns de seus exercícios do Mat no seu livro Return to Life, 1945.

Qualquer outra modalidade que tenha o nome Pilates no começo, no meio ou no fim e NÃO oferecer no mínimo os exercícios básicos da sequência do Mat NÃO É PILATES! Esteja certo disto!!! E se alguém ou algum lugar vende qualquer coisa com o nome de outra, desconfie de sua seriedade,qualidade e eficácia.

No vídeo a seguir, Alisa Wyatt do Pilatesology mostra uma aula de Mat Pilates linda e eficiente de apenas 15 min. Se você está em dúvida sobre a técnica que pratica, assista o vídeo! Se NENHUM desses exercícios lhe for familiar, procure outro lugar para conhecer Pilates.

Eu desejo que todas as modalidades de atividade física e esportes tenham no futuro o seu lugar e o seu respeito. Eu tentarei enquanto estiver aqui, buscar, defender e esclarecer tudo que estiver ao meu alcance sobre a técnica de Joseph Pilates, o seu legado, a sua originalidade e genialidade brilhante!

Pratique Pilates consciente do que você está fazendo ou oferecendo!

Um bom retorno à vida a todos!
Myra

App para não ficar parado! – Por Myra Hirano

Está sem tempo?

A academia está fora do seu orçamento esse mês?

Sem desculpas!

A idéia é não ficar parado enquanto você não volta para sua academia, ou Pilates, ou qualquer atividade, ou ainda porque está de férias viajando.

Então arrasta o sofá e se estiver de férias com a família, chama todo mundo pra fazer!


Atualmente existem vários aplicativos para te ajudar a se mexer. Aqui vão algumas dicas.

Dicas de Apps:

– BTFIT

  • Grátis
  • Aulas para iniciantes
  • Vídeos de Aulas coletivas diferentes todos os dias
  • Treino personalizado por tipo de aula escolhida.
  • Em portugues

*Esse aplicativo tem aulas de Mat Pilates para iniciantes com a nossa Colaboradora Fitness Erika Fernandes:

SWORKIT

  • Grátis
  • Aulas com exercício por exercício
  • Passo a passo do exercício
  • Treino personalizado por aula escolhida, tempo de aula (a partir de 5 min) e também por partes do corpo.

Espero que tenham gostado das minhas dicas.

Não se esqueça de respeitar os limites do seu corpo!

Move!!!

Myra